SOMBRAS SOMENTE

30 janeiro, 2007
  A JUSTIÇA BRASILEIRA ATACA OUTRA VEZ


Fui dormir com a bombástica notícia da prisão do Ronaldo Esper e acordei com a ainda mais estrondosa informação de que o malandro já estava solto.
Fiquei boquiaberto.
Sobressaltado mesmo.
Como a nossa justiça é eficiente.
Esse tal de Ronaldo Esper-to é pego em escandaloso flagrante assaltando defuntos e logo a justiça corre em seu auxílio.
Nem acreditei de imediato.
Corri à NET para obter informações mais detalhadas.
O advogado do estilista, Marcello Furman, declarava que a liberdade provisória foi feita dentro das condições que a lei permite.
E que seu cliente era uma vítima, complementava.
Dei uma bela pisada no rabo do meu gato Austregésilo, que rosnava em meus pés.
Foi imensa maldade, eu sei, mas precisava desabafar de alguma forma e se cuspo no tapete levo uma bronca daquelas.
Uma vítima.
O cara é preso furtando defuntos e é considerado vítima.
Quem são os bandidos então?
Será que são os mortos?
Sim, porque se houve um crime e costuma-se entender que em tal ação há sempre vítimas e criminosos, e sendo o provável acusado considerado vítima, o bom senso induz a crer que quem era vítima passa a ser o acusado.
Estou errado?
Acho até que a polícia deveria desenterrar o cadáver para que esse pudesse responder a algum inquérito.
Por favor, eu imploro. Procure me entender.
Quando há um crime pressupõe-se automaticamente que haja um criminoso.
Isso parece óbvio, não?
Mas se o provável criminoso é considerado vítima e a vítima (agora vista como criminosa) já está há anos debaixo dos sete palmos, e como a lei não pode enquadrar defunta, então nada aconteceu juridicamente falando no cemitério do Araçá.
Conseguiu me entender?
Aonde não há criminoso não há crime.
O processo nem deveria ser arquivado. Deveria ser rasgado.
Ah espere um pouco!
O simpático e esper-to advogado Marcello Furman parece que atribuiu o ato de seu cliente a um estado de depressão que vem passando. Os medicamentos ou coisa assim.
Então agora o panorama muda.
Agora os fatos começam a tomar novas formas e passamos a encontrar sim, criminosos.
Sim, porque precisamos encontrar os criminosos, já que o Ronaldo é a vítima.
Vejamos os fabricantes dos medicamentos.
Os laboratórios que comercializam antidepressivos cujas contra-indicações deveriam ser: Não se aproximar de cemitérios, evitar passar perto de vasos ou coisas assim.
Quais seriam os nomes desses remédios?
Furtosim, Semvergonhopatil, Cleptomaniacol.
Sim, os fabricantes desses medicamentos podem ser os criminosos.
Ou seria o seu médico?
Afinal foi o médico que receitou essas drogas que costumam causar estranhos desejos de passar as mãos em objetos alheios.
Talvez esse profissional devesse prescrever algumas doses injetáveis de Picaminha para a recuperação do renomado paciente.
É. Acho que o Ronaldo Esper-tinho ainda vai levar um bom dinheiro nessa jogada, processando os laboratórios e o seu médico.
Mas vamos continuar.
Uma funcionária do cemitério disse que Ronaldo declarou que estava levando os vasos por amor a arte.
Que beleza.
Um mecenas.
É preciso mesmo todo e qualquer sacrifício pela arte.
Ronaldo Esper não é um ladrão, ou melhor: Cleptomaníaco.
Sim, porque rico nunca é ladrão, mas sim cleptomaníaco.
Ronaldo Esper não é cleptomaníaco.
É um mecenas.
Furtou os vasos em decorrência de um admirável amor as artes.
Não podia suportar ver tão valiosas peças expostas às intempéries da natureza e a olhares pagãos.
Sim. Tudo pelo amor a arte.
Há também uma informação que esse simpático e também fenomenal Ronaldinho das passarelas alegou que o túmulo era de uma parente sua.
Quando perguntado sobre o grau de parentesco informou que a defunta foi casada com um homem que namorou sua mãe antes dessa ter se apaixonado pelo primo de uma vizinha que teve um rápido relacionamento com o padrasto da neta do seu bisavô, que por sua vez envolveu-se num relacionamento incestuoso com o irmão que, arrependido depois de a ter traçado, volveu-se para sua co-cunhada que era amante de um comerciante de vasos que, sem saber explicar como, meteu a vara na irmã de sua mãe. Portanto a defunta era tia.
Beleza.
Explicado, então.
A defunta era tia.
Algo ainda me incomoda, contudo.
Acaso roubar parente não é crime?
Existe algum dispositivo em nosso Código Penal que possa apenar criminosos que se voltam contra seus próprios familiares?
Quer dizer então que se eu roubar meu pai, irmão ou tia, não posso ser visto como criminoso, pois está tudo em família?
Eu não sabia disso.
Bom, mas eu sou um burro mesmo.
Ei! Espere aí!
Só um pouquinho. Deixa-me terminar de ler isso.
Tem uma declaração incrivelmente interessante de uma das funcionárias do Ronaldo Esper-teza dizendo que “foi tudo armação do governo para desviar a atenção do buraco do Metrô de São Paulo”.
Minha nossa!
Meu gato Austregésilo saiu correndo do escritório com medo de levar outro pisão no rabo.
Porra! Foi tudo armação.
Só os idiotas não perceberam.
Forçaram o Ronaldo a furtar os vasos para que não ficassem mais falando da tragédia daquele furinho numa das ruas de São Paulo.
Será que essa mulher tem razão?
Ou será que ela não tem mais o marido ativo e está precisando também ser medicamentada com algumas doses injetáveis de Picaminha?
É, meu caro leitor.
Tudo é muito estranho.
A justiça é muito estranha. E agora, não sei por qual motivo, lembrei daquele conturbado processo de alguns anos atrás em que Clodovil foi condenado a pagar indenização por danos morais quando acusou ‘levianamente’ esse mesmo Ronaldo de contrabandista de objetos de arte.
Pareceu-me um pouco com aquela remota possibilidade do raio cair duas vezes no mesmo lugar, se é que consigo me fazer entender.
Mas o Ronaldo Esper-talhão já está solto e isso é que importa.
Flagrado e acusado injustamente (credo Deus) de, por pura safadeza, já que é um homem razoavelmente rico, furtar defuntos, recebeu imediatamente a maravilhosa benção da nossa justiça.
Uma paupérrima jovem chamada Angélica Teodoro, que foi flagrada e presa por ter furtado um pote de duzentos gramas de manteiga, por pura necessidade, pois não queria dar pão seco a seu filho de dois anos, teve seu pedido de liberdade provisória denegado cinco vezes pelo Tribunal de Justiça.
Eu vou repetir porque talvez o leitor não tenha entendido.
Por cinco vezes o Tribunal de Justiça rejeitou o pedido de liberdade provisória dessa infeliz que apenas, e em um ato desesperado e não difícil de ser elogiável na sua condição de mãe, furtou um pote de manteiga.
Esse bem pode ser considerado o retrato de um de nossos três poderes. O Poder Judiciário.
Se é que temos mesmo três poderes e não um só. Já que vejo que constantemente há lamentáveis trocas de ‘favores’ entre o Executivo, Legislativo e o último referido.
Pensem bem sobre esse último parágrafo.
 
Comments:
Caro Sombras,

vc chegou a ver a entrevista do Esper-talhão no programa da Luciana Gimenez ( sei q estou pedindo demais, mas é que um fato assim precisa ser apreciado )? Contou uma versão completamente diferente do que saiu publicado nos jornais. Será que isso tudo é culpa do outro remédio que ele toma: mentirazol?

Fica a pergunta no ar.

Bjs,

Larissa.
 
Então, caro Sombras, segundo a etimologia a palavra estilo vem do latim stilus. E segundo o dicionário do avô do Chico Buarque um dos significados é uma haste de madeira ou osso ( se eu não me engano é isso - e confesso que achei interessante!! ).

Bjs
 
Sombras,

Talvez até Ronaldo Esper fique um pouco mais famoso depois de tal furto - se até a Cicarelli conseguiu, por que não?

Este último parágrafo, meu caro, me parece bem familiar...

Um grande abraço,

Mariana
 
Oi!Gostei do ultimo paragrafo!Parece que estamos no Brasil!!!
 
Oi!Gostei do ultimo paragrafo!Parece que estamos no Brasil!!!
 
Gostei do ultimo paragrafo!Parece que estamos no Brasil!
 
É, o que poderia te dizer? Apenas: Seja bem vindo ao Brasil!!

Não adianta, vai aparecer mais e mais casos como estes, e eles não serão resolvidos, ou serão de forma absurda como o da mãe e a manteiga. Tudo isso é reflexo de uma sociedade mediucre. São penas poucas pessoas que dão valor a isto. Muitas não se importam pq não tem nada a ver com elas! ¬¬ As pessoas próprias se conduzem a isto, deixaram e deixam que as coisas cheguem a tal ponto. Não fazem nada para isto mudar.
É como diz o ditado: O mundo é dos mais espertos.
E infelizmente é bem isto que está ocorrendo mesmo =/
Mas a culpa é de todos, se as pessoas querem respeito, devem mostrar que o merece e por ele lutar. Mas como tudo isso é muito complicado, elas deixam para lá e continuam sua vidinha, tendo seu dinheirinho no bolso, casa e comida, tudo está ótimo, não importa à elas se são tratados comos porcos no chiqueiro =S

Infelizmente tudo isso é real e, consequentemente, inevitável =/
É duro, é revoltante, é indignante, mas é a realidade deste país que de belo tem apenas a natureza, mas que ésta também já está se acabando, graças à estes mesmos homens céticos! =/
 
é isso... pobre rouba galinha e se tivesse pena de morte, morria por porrete, por falta de energia nas cadeias e por causa do apagão que, com certeza, voltará !

rico rouba e é "perdoado"... devia estar fora de sua mentalidade normal !!

** muito obrigado por seu comentário... tudo de bom pra voce tambem... continue visitando nosso espaço... é sempre um prazer receber gente inteligente !
 
quanta mediocridade !...
 
caro sombras,estou em panico por q vou trabalhar no tribunal de justiça,ai meu deus!
 
concordo plenamente com vc, e a mina tava perguntando se tu vio o programa dakela xarope da Luciana Gimenez, cara, só pq usa remédio, não qr dizer q tenha q sair por aí em cemitérios roubando vasos de pobres pessoas mortas -.-"
Outra, se ele faz isso então, o cara tem q ser internado pq uma criatura dessas é dissimulada!
 
opa.. hj eu consegui ler um dos seus textos... esse texto lembra uma frase que não lembro onde li: "os pobres o rigor da lei, aos ricos o favor da lei" .. gostei muito do texto, Sombras...

abração...

Fica de boa.. fica na paz do SENHOR!
 
Seus textos meu lindo são inteligentes demais!!!Voce é corajoso!Dizer estas verdades!!!
Um pote de manteiga não é para qualquer um!Por isso não sai da cadeia!Ela tem que entender que ela é uma excluida!O mundo é dos ricos e dos politicos!Só que eles são todos mal amados!Tudo para eles gira em torno da grana!São infelizes!!!
 
Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home
ENCONTRE-ME NO ORKUT USUÁRIO SOMBRAS SOMENTE

Minha foto
Nome:
Local: Brazil

Não sei.

ARCHIVES


Powered by Blogger

contador de visitas
contador de visitas