SOMBRAS SOMENTE

10 janeiro, 2007
  DANIELLA CICARELLI, O YOUTUBE, A JUSTIÇA E AS ESTRELAS

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo resolveu tirar o YouTube do ar e eu estou sentado na varanda... Olhando as estrelas.
Houve uma época, quando eu era criança, que acreditava que as estrelas eram pessoas boas que depois da morte ficavam lá em cima brilhando sobre nós, e ainda não havia YouTube.
Por isso (quanta ingenuidade) achava que muitas dessas estrelas eram juízes ou desembargadores, assim como os do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.
Achava mesmo que para alguém ser juiz precisava ser uma pessoa de boa índole.
Crasso engano.
Confirmado ainda mais com esse caso da Cicarelli e YouTube.
Como é possível que pessoas que recebem salários altíssimos (muito além do merecido) e pagos pelo povo, possam declinar de atender aos interesses da população e dedicar seus esforços a interesses individuais e de má fé?
O TJ de São Paulo está sem trabalho?
Sempre ouço falar que o judiciário conta com um volume enorme de processos para serem analisados e que alguns desses processos levarão anos e anos em tramitação.
Por que será então que o caso ‘Cicarelli’ recebeu logo vistas?
Não há pendência mais antiga e de maior relevância a ser analisada?
Um leitor desatento talvez queira me alertar que é dever da Justiça também preservar os direitos individuais. Com o que concordo plenamente.
Contudo, seria bom atentar que há uma grande diferença entre direito individual e interesse individual.
E estou plenamente convicto que o caso do casal Renato Malzoni e Daniella Cicarelli deva ser visto como interesses individuais.
Ademais, de má fé.
Fede menos ou fede mais.
Senão, vejamos.
É possível admitir que um rapaz de família conceituada, tradicional e excelente condição financeira tenha o direito de ‘dar uma rapidinha’ com uma modelo (sic, pelo uma) conhecida internacionalmente, bem no meio de uma multidão de banhistas?
No Brasil, caso esse romântico par fosse de origem humilde, seria preso imediatamente por atentado violento ao pudor.
Sendo ricos ou famosos, claro que não.
Ricos fazem amor, pobres ‘trepam’.
Podemos aventar uma, mesmo ínfima, possibilidade de que tal ato foi premeditado?
Acaso não tinham eles um dinheirinho no bolso, ou mesmo cartão de crédito, para que seus desejos aflorados de forma súbita, fossem saciados em local mais condizente?
O TJ argumentou a necessidade de preservar a intimidade do casal.
Mas ao ‘dar uma rapidinha’ na frente de um bom número de pessoas, esse casal não estaria declinando desse tal direito de intimidade reservada?
Ou era obrigação de todos, tapar os olhos com as mãos?
Só se eu estou mesmo doido e mamãe não foi avisada.
Como já disse, esse direito de dar uma ‘aliviada’ em público não é concedido pelas leis brasileiras e, mesmo não conhecendo a legislação espanhola, possa afirmar que por lá se pensa igual.
Outra indagação: Se nos basearmos nesses mesmos argumentos aceitos pelo Tribunal de Justiça, teriam acaso direitos indenizatórios as fotos das ‘parerecas’ da Luana Piovani ou da Adriane Galisteu, entre outras?
Os casos não se apresentam assemelhados?
Malzoni e Cicarelli entraram com duas ações na justiça. Uma delas, indenizatória por danos morais e materiais, contra várias empresas.
Estima-se que nessa briga toda, só o YouTube já esteja devendo uma multa de dez milhões.
Posso mesmo garantir que, se esses amasiados fossem de origem humilde, não teriam direito a porra nenhuma de indenização e estavam agora era na cadeia.
É, meu leitor.
Tem muito dinheiro nessa jogada.
Há muitos interesses por trás disso tudo.
Tem muita gente pretendendo levar uma boa grana nesse falso escândalo.
Fora os ‘trocados’ que rendeu ao casal, pois, se ninguém sabia quem era esse tal de Renato Malzoni...Agora, introduzido na mídia, já deve até ter recebido convite para posar na revista G, ou mesmo para participar do elenco da próxima novela das oito.
E o cachê da Cicarelli, certamente saiu mais valorizado.
Acredito até que essa moda vai pegar.
Antigamente mostrava-se a calcinha ‘descuidadamente’ para ganhar mais destaque nos meios de comunicação.
Depois se passou a exibir a ‘xaninha’.
Agora (avanço natural nos processos de divulgação de imagens) dá-se uma ‘fodinha’ em público.
É, caro internauta. A Gretchen é que foi burra. Para fazer um filme pornô, recebeu perto de um milhão. Desse uma ‘rapidinha’ numa praia qualquer de nossa bela costa brasileira, e tava montada talvez em umas cinco ‘milhas’. E nesse assunto de costa brasileira, ela é bastante superior a Cicarelli.
Eu ainda na varanda, sentado e olhando as estrelas.
Parece que a cada dia há menos estrelas no céu.
Dizem uns idiotas que isso é devido à luminosidade das metrópoles.
Eu acho que não.
Elas estão desaparecendo mesmo.
Devido à diminuição de pessoas íntegras que morrem.
E da sala me vem uma notícia pelo rádio ligado.
Sobre o juiz Adair Rebello, do Amazonas. Acusado de ter exigido e recebido cem mil reais em um processo de inventário.
O rádio está tão alto...

“E MAIS DA METADE DOS DESEMBARGADORES DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO AMAZONAS SE DECLAROU SUSPEITA PARA PROCESSAR E JULGAR O JUIZ ACUSADO”

Ih!
Que pena!
Outro monte de estrelinhas que vão desaparecer do céu.
 
Comments:
Caro Sombra, pelo que nota-se, estamos 'sincronizados' até mesmo em sugestões de assunto para nossos blogs (risos).
Apesar de possuir um tom literário paupérrimo perto de voce, fico satisfeito em saber que voce frequenta meu blog e que estamos pensando bastante parecido.
Abraços hereticos e etílicos ;)
 
Belo texto...
 
Sombras Somente,vc acertou no ouvido da minhoca. isto lhe faz diferenciado. Que bom que não está
a serviço do nada vale ou do nada
serve. Sabe que este tipo de procedimento jurídico, penso eu, é coisa de quem realmente não tem o que fazer, mas não perde a chance
de pegar uma carona com um arremdo de estrela. Desde quando foder ao ar livre é preservação de intimidade? Bah, dá medo e vergonha ver tanta boçalidade!
Ah! e no Amazonas? O Tribunal agora se tornou suspeito para julgar um colega? O pior: ninguém sabe se isto é bom ou ruim!
Vamos ter que entrar com um processo, nesta, naquela ou em qualquer Justiça, para descobrir.
Mas é lógico que somente saberemos daqui a 300 anos. Há muito acúmulo de serviço (?) para tantos desembargadores, né?
Que caia o pano, rapidamente...
abração!
 
Sombrita
esse texto foi um belo tapa na cara dos comunicadores que dão espaço à esse tipinho de gente (leia-se fofoqueiros dos programas da tarde, pseudojornalistas do TV Fama - poxa, aquelas pessoas, ao que parece, passaram 4 anos de suas vidas pra fazer fofoca?)
masssssssssss...
por outro lado, esse tal paparazzi mostrou ao mundo a falta de vergonha na cara de uma modelo (sic, pelo 'uma', como vc bem disse...) e seu namorado em águas internacionais...

como cidadã, me envergonho profundamente do quadro judicial de nosso país....
casos criminais/cíveis e de família demoram tanto tempo pra serem resolvidos, e ai, chega uma ex-mulher de jogador de futebol, pra mover ações descabidas (descabidas sim, qm mandou fzr akilo na praia, um lugar publico?!?!), tirando a liberdade das pessoas em poderem acessar o youtube, já que:
o video ja havia se espalhado pela disseminação descontrolada de e-mails,
pode bloquear o site que quiser, td mundo já viu,
mesmo q as pessoas não vejam, o boca a boca foi mais rápido...
enfim...
e ai o desembargador tratou de agir rapidinho pela causa da 'difamação' de uma moça...
aiai...
como diria o slogan daquela empresa... tem coisas q o dinheiro não compra...
Sombrinha
amo seu blog
continue assim
[ ]'s

Tina
 
Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home
ENCONTRE-ME NO ORKUT USUÁRIO SOMBRAS SOMENTE

Minha foto
Nome:
Local: Brazil

Não sei.

ARCHIVES


Powered by Blogger

contador de visitas
contador de visitas