SOMBRAS SOMENTE

08 novembro, 2006
  ...É O QUE A MAIORIA QUER.

Democracia é uma forma de governo bastante interessante.
Dizem ter surgido na antiga Grécia (não comungo dessa hipótese) e parece ter evoluído com Péricles.
Eu não a consigo entender direito. Muito menos o apego que todos parecem ter a ela.
Quando exercida, parece significar a vontade da maioria do povo, e ao mesmo tempo, em contra-partida, representa o que seus membros, isoladamente, não gostariam.
Eu explico.
Quando os habitantes de uma nação democrática conquistam determinada aspiração, utilizando os meios desse tipo de governabilidade, pode-se, quase sem exceção, concluir que essa conquista coletiva é tudo que um cidadão não gostaria para si próprio, mas quer para o conjunto.
Acho que ainda não consegui deixar a idéia clara.
Vamos tentar novamente.
Toda vez que um cidadão de algum Estado democrático, exerce o seu direito de escolha, pode-se deduzir que seu desejo reflete o que ele gostaria para todos, mas não para si mesmo.
Acho que melhorou.
Vejamos agora, como posso dar crédito às minhas palavras.
O caso do presidente Lula é um bom exemplo.
A maioria dos brasileiros escolheu Lula para ser o primeiro mandatário da nação. O homem a gerenciar a imensa máquina administrativa do estado nacional. Uma máquina extremamente complexa que envolve e requer conhecimentos em dezenas de áreas técnicas e científicas.
E preferiram que uma pessoa ignorante (um burro confesso) fosse indicada para estar à frente de tal comando.
E, no entanto, quem nesse país desejaria que o mesmo homem estivesse gerenciando seus negócios particulares?
Quem arriscaria a si mesmo e à sua família, entregando o destino de sua única fonte de renda nas mãos de um homem comprovadamente desqualificado?
Quem contrataria Lula para gerente de sua própria empresa, mesmo que essa fosse de pequeno porte?
E, ainda por cima, deixando o caixa nas mãos do Delúbio; a contabilidade nas mãos do Dirceu; o setor administrativo nas mãos do Palocci; a segurança entregue ao Freud Godoy...
Você gostaria?
Todos esses homens bem ao lado da máquina registradora do seu estabelecimento.
Acho que não.
Acho que você não contrataria nenhum deles.
Muito menos um gerente incapaz de perceber que estão assaltando todo o seu patrimônio e a única coisa que sabe fazer é se lamentar dizendo que nada sabia.
Não.
Ninguém o quer para si próprio, posso garantir, mas é o que a maioria deseja para todos.
Extremante interessante.
Talvez grotesco.



AINDA EM TEMPO
Que congresso safado nós temos.
O país atirado na merda e nossos parlamentares preocupados em aumentar o preço do “pão nosso de cada dia” dos pobres.
Querem mesmo colocar só no rabinho dos menos favorecidos.
O humilde pai de família que tinha que dispor de dois reais todos os dias para esse alimento fundamental, agora se vê na escolha de pedir a seus filhos que comam menos, ou se virar, sem saber como, para conseguir os setenta centavos a mais, necessários para manter a mesma quantidade que comprava antes.
E só no cuzinho dos pobres, repito.
Sim, porque a lei atinge só o pão ‘francês’.
O sírio, croissant, italiano, brioche, integral, árabe...Continuam sendo vendidos pelo preço já praticado anteriormente.
E rico não come essa ‘bosta’ de pão ‘francês’.
Que país grosseiro.
 
Comments: Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home
ENCONTRE-ME NO ORKUT USUÁRIO SOMBRAS SOMENTE

Minha foto
Nome:
Local: Brazil

Não sei.

ARCHIVES


Powered by Blogger

contador de visitas
contador de visitas