SOMBRAS SOMENTE

03 novembro, 2006
  NO MÍNIMO, CABEÇAS INGÊNUAS.

É muito bonito o preâmbulo da Constituição da República Federativa do Brasil.
Uma verdadeira pérola.
Nos oferece bem uma idéia do que vem a seguir.

“NÓS, REPRESENTANTES DO POVO BRASILEIRO, REUNIDOS EM ASSEMBLÉIA NACIONAL CONSTITUINTE, PARA INSTITUIR UM ESTADO DEMOCRÁTICO, DESTINADO A ASSEGURAR O EXERCÍCIO DOS DIREITOS SOCIAIS E INDIVIDUAIS, A LIBERDADE, A SEGURANÇA, O BEM ESTAR, O DESENVOLVIMENTO, A IGUALDADE E A JUSTIÇA COMO VALORES SUPREMOS DE UMA SOCIEDADE FRATERNA, PLURALISTA E SEM PRECONCEITOS, FUNDADA NA HARMONIA SOCIAL E COMPROMETIDA NA ORDEM INTERNA E INTERNACIONAL COM A SOLUÇÃO PACÍFICA DAS CONTROVÉRSIAS, PROMULGAMOS, SOB A PROTEÇÃO DE DEUS, A SEGUINTE CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL”.

Minha nossa!
“Sob a proteção de Deus”
Não está escrito “esperando contar com a proteção...”
Não.
Deus autorizou direto.
Deve ter dito ao falecido Ulisses Guimarães através de uma visão repentina e milagrosa: “Pode fazer que eu protejo. Depois manda os papéis para assinar”.
Uma beleza.
Encontro nessas poucas linhas, onze assaltos a questões lingüísticas e filosóficas.
Não vou, contudo, fazer o leitor dispensar o tempo necessário para o entendimento de meus argumentos, que nem acredito serem convincentes.
Entrementes, atento ao leitor que ‘controvérsia’, vocábulo citado no texto, é um debate regular sobre determinados assuntos. Significa também contestação ou polêmica.
Ora, salvo crasso engano, nenhuma ‘controvérsia’ pode obrigatoriamente ser pacífica, sob o risco de se tornar ‘concordância’. Mesmo quando não aparado por forças externas, o debate de idéias pode estar ou não, longe de serem pacíficos.
Talvez o preâmbulo quisesse dizer “solução pacífica dos conflitos”, mas então ( isso é bem interessante), mandar tropas armadas para o Haiti seria um ato inconstitucional.
Solução pacífica absorve inteiramente a idéia da não utilização de armas, ficando por conta apenas do simples raciocínio.
Estaria em desacordo com esse ‘maravilhoso’ preâmbulo, que me faz lembrar, talvez pela ignorância contida, o de Goethe, quando diz seu verso introdutório, em “Fausto”: “Apareceis de novo, sombras vaporosas.”
 
Comments: Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home
ENCONTRE-ME NO ORKUT USUÁRIO SOMBRAS SOMENTE

Minha foto
Nome:
Local: Brazil

Não sei.

ARCHIVES


Powered by Blogger

contador de visitas
contador de visitas