SOMBRAS SOMENTE

18 outubro, 2006
  UM SENADOR TRAINDO OS COLEGAS

O senador Ney Suassuna declarou que noventa por cento do congresso nacional é composto por corruptos.
Está bem, está bem... Eu repito.
O senador Ney Suassuna, um dos políticos de maior conhecimento dos bastidores da política brasileira, afirmou que noventa por cento de todos os nossos parlamentares são bandidos.
Ele próprio foi apontado como um deles e não procurou se defender, embora seu colega de trabalho, Renan Calheiros (que tem noventa por cento de chance de ser igualmente um bandido), procurou utilizar uma manobra engenhosa na tentativa de que nada pudessem descobrir para desaboná-lo (ou a ambos) antes das eleições.
Eu fiquei aliviado.
Contente até, diria.
Meus estudos caseiros apontavam esse percentual em noventa e sete vírgula oito.
Se for somente noventa por cento, não está tão mal quanto eu imaginava através de minhas pesquisas.
O que bastante me preocupou foi a questão da falta de ética.
Um provável criminoso delatando gratuitamente, já que não vai receber nenhuma punição (posso garantir), a quadrilha inteira.
Ladrões sem nenhuma conduta ética é deplorável.
Se esse senador pertencesse ao bando do Fernandinho Beira-mar, em pouco tempo estava habitando a terra dos pés juntos.
Porque lá é assim. Criminoso safado que, na hora que a casa cai, delata também os companheiros, se ferra.
Mas nosso congresso parece ser terra de ninguém.
Parece um bando de delinqüentes atuando sem nenhuma postura adequada ao assunto.
Tudo bem.
Fiquei, contudo, preocupado com um ponto bem mais relevante.
Um senador da república denuncia que, além dele, existem mais de quinhentos parlamentares assaltando os cofres públicos e ninguém faz nada?
Não existe um poder, um órgão, uma instituição legal que possa intimar o referido senador a vir dar nome aos bois?
O que foi delatado não merece uma investigação?
Para mim, o que ele declarou é digno até de intervenção militar.
É o caos.
Estamos sendo assaltados por todos os nossos representantes, e ninguém faz nada?
Será então possível que todos os nossos poderes constituídos, no serviço do interresse da nação, estejam também contaminados com esse tal noventa por cento?
Eta brasilsinho!
Vou concluir esse assunto deprimente afrontando o amigo internauta com mais duas indagações:
a) Já se tornou então possível, alegar como defesa, mesmo como apenas um ponto atenuante, o argumento de que “estou furtando, porque todo mundo também está”?
b) Pode um senador acusado de crime, ser julgado por uma comissão composta por membros cuja maioria (noventa por cento, segundo o próprio acusado) cometem o mesmo delito?
É justo?
Isso é democracia?
Que merda.
 
Comments: Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home
ENCONTRE-ME NO ORKUT USUÁRIO SOMBRAS SOMENTE

Minha foto
Nome:
Local: Brazil

Não sei.

ARCHIVES


Powered by Blogger

contador de visitas
contador de visitas